© 2015 por Spitalex. Criado com Wix.com

  • Wix Facebook page
  • YouTube clássico
  • Slideshare.jpeg
  • LinkedIn App Ícone

Entrevista ao Medscape, um dos maiores portais de Educação Médica Continuada no mundo em parceria com a Sociedade Brasileira de Infectologia (SBI).

Assista em https://portugues.medscape.com/verartigo/6503329

March 23, 2019

Meeting the Experts: Infectologia e Hepatologia - 02 a 04 de Maio - São Paulo. 


Evento científico com grandes nomes da especialidade em âmbito nacional e internacional, em um formato inovador que privilegia a discussão e o debate dos principais temas atuais de modo prático e aplicável à rotina clínica, estarei abordando a DGNA (Esteatose Hepática/NASH) em HIV/Aids.

Grandes temas como HIV/Aids, Hepatite B, Hepatite C, Antibióticos e Resistência Antimicrobiana, Arboviroses, Imunização e Vacinas, Tuberculose e muitos outros estão contemplados sempre de forma interativa e incluindo a plateia.

Conheça o time de Experts , e acesse todos os detalhes em meetingtheexperts.com.br/infectohepato 

Entrevista ao Portal R7 em 03/Mar/2019. Acesse a matéria original aqui, ou leia abaixo. 

Vírus, bactérias e até amônia. As enchentes carregam micro-organismos e substâncias que provocam doenças, tanto pelo contato quanto pela ingestão da água, que podem até matar. Um estudo da Universidade Municipal de São Caetano do Sul (USCS) detectou a presença de bactérias e substâncias em uma enchente na Vila Itaim, bairro da zona leste de São Paulo próximo ao rio Tietê.

De acordo com o infectologista Alexandre Barbosa, professor da UNESP - Faculdade de Medicina, os materiais encontrados são frequentes em alagamentos, de uma forma geral, devido ao despejo de esgotos não tratados nos leitos dos rios. As bactérias identificadas foram Salmonella, Eschierichia coli, Shiguelle spp, Klebsiella spp e Pseudomonas spp, e as substâncias, fosfato, fósforo, amônia e nitrato.

O infectologista explica que as três primeiras bactérias estão relacionadas a infecções que causam diarreia, que ocorrem quando a água é in...

Matéria produzida para o Portal Academia 24 horas. Acesse a matéria original aqui. 

Realizar exercícios físicos ajuda a fortalecer o sistema imunológico e deixa o organismo mais bem preparado para enfrentar os vírus sazonais.

O médico infectologista Alexandre Naime Barbosa, membro da Sociedade Brasileira de Infectologia (SBI) e professor da Unesp Botucatu, afirma que atividades moderadas são benéficas para o sistema imunológico.

Correr na esteira, na bike ou treinar, por exemplo, pelo menos de quatro a cinco vezes por semana, com o acompanhamento de um profissional, irá deixar seu corpo mais resistente.

Já quem participa de provas mais extenuantes, que exigem mais dos limites do corpo, como maratonas e ultramaratonas, desgasta o sistema imunológico e fica mais suscetível às doenças.

O Dr. Turíbio Barros complementa (matéria original aqui):

A importância da atividade física regular para melhora da resposta imunológica é um tema de bastante interesse, ainda mais no momento atual com epidemias...

Berlin, Londres e Düsseldorf: o que essas cidades tem a ver com a Cura da Aids?

Descubra como a ciência conseguiu a remissão do HIV em três pacientes nesse entrevista ao Podcast Unesp.

Acesse em https://youtu.be/KvdGpNvyLGM 

Leia a entrevista abaixo, ou no link aqui.

A multidão de foliões durante o Carnaval traz alguns riscos para saúde que vão além dos ligados ao beijo na boca. Se você não tomar alguns cuidados pode pegar conjuntivite, hepatite e leptospirose, por exemplo.


"Quanto maior o número de pessoas reunida, maiores os riscos de transmissões das mais variadas doenças", afirma Ralcyon Teixeira, médico infectologista e supervisor do pronto-socorro do Instituto Emílio Ribas. Teixeira diz ser comum o aumento no número de pessoas que procuram atendimento médico no pós Carnaval.


"Os riscos tendem a ser ainda maiores em ambientes fechados", acrescenta Alexandre Naime Barbosa, consultor da Sociedade Brasileira de Infectologia e professor da Unesp (Universidade Estadual Paulista). Veja abaixo algumas das doenças que são favorecidas pela aglomeração de pessoas e saiba como evitá-las:   

1. Transmitidas por gotículas


A gripe e o resfriado são as principais doenças desse tipo de transmissão, mas não as únicas....

March 1, 2019

Entrevista ao Podcast Unesp em 28/Fev/2019

Acesse em https://youtu.be/AG7SiD6eitA 

Please reload

Posts Mais Lidos
Please reload

Arquivos
Please reload

Tags