© 2015 por Spitalex. Criado com Wix.com

  • Wix Facebook page
  • YouTube clássico
  • Slideshare.jpeg
  • LinkedIn App Ícone

Entrevista ao Jornal Leia Notícias em 19/Mar/2017

Acesse o link original aqui

Uma mulher de 42 anos foi atendida pelo Serviço de Infectologia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu, neste sábado, 18, após ter sido picada por um escorpião.

Segundo informações, ela estava em sua residência, no bairro Demétria, e foi picada pelo animal na região da barriga. O escorpião, denominado de Tityus bahiensis, estava dentro da blusa que ela estava vestindo.

No HCFMB ela foi atendida pelo Dr. Alexandre Naime Barbosa, chefe do serviço de Infectologia do Hospital. “Ela teve apenas dor. Fiz um bloqueio com anestésicos e analgésicos e a dor foi controlada. Não houve intoxicação porque ela é uma adulta saudável e o veneno de um escorpião é em pequena quantidade para adultos, mas em crianças e idosos pode ser fatal”, explicou o médico.

O que chama a atenção é que esta mesma mulher, picada pelo escorpião, há uma semana foi atacada por um enxame de abelhas durante a realização de uma tril...

Entrevista ao Jornal Acontece Botucatu, publicada em 19/Mar/2017

Link para a matéria original aqui

Mulher é picada por escorpião na Demétria; animal estava na blusa que ela vestiu


Um caso que serve de alerta foi registrado no Hospital das Clínicas de Botucatu no sábado, dia 18. Uma mulher, de 42 anos foi picada por um escorpião marrom depois que vestiu uma blusa, na casa onde mora, no Bairro Rural Demétria, em Botucatu.

A vítima capturou o animal e foi até o Hospital das Clínicas, onde foi atendida pelo médico infectologista Alexandre Naime Barbosa. “A picada foi na região da barriga e a mulher reclamava de muitas dores no local da ferroada. Ela vestiu uma blusa e provavelmente o animal estava no tecido”, disse Doutor Alexandre ao Acontece Botucatu.

“No caso dela, realizamos um bloqueio de anestésicos no local na picada, além de analgésicos potentes. Mas a toxicidade é baixa, porque a quantidade de veneno inoculada em uma pessoa adulta é pequena. Mas, se fosse uma criança, ou idoso, essa p...

Os acidentes causados por abelhas afetam mais de 10 mil pessoas todo ano no Brasil, causando oficialmente 40 óbitos, mas estimativas apontam que esse número pode ser quatro vezes maior. As mortes podem ser decorrentes de dois mecanismos:

1. Envenenamento pela Peçonha da Abelha: ocorre quando um número substancial de picadas acontece (geralmente mais que 200), pois neste caso o volume de veneno é grande o suficiente para causar graves lesões em órgãos vitais. Entre outros componentes, a melitina se destaca como uma fração especialmente mais presente e potencialmente tóxica à órgãos como o rim, coração e fígado, entre outros, determinando grave quadro clínico que pode levar à morte. Não há na medicina nenhuma medida específica que permita desativar o veneno, sendo que o tratamento se limita ao suporte avançado de vida, esperando que o organismo elimine o veneno, o que muitas vezes não basta, e justifica os óbitos registrados.

2. Anafilaxia: algu...

 

Quais são os acidentes com animais mais comuns e de interesse médico no Brasil? A onça-pintada ou o tubarão? Ou seriam as serpentes peçonhentas? E os jacarés? E as abelhas?

 

No mês de agosto a Disciplina de Moléstias Infecciosas e Parasitárias da Faculdade de Medicina de Botucatu - UNESP está oferecendo à um grupo de estudantes de medicina da Rússia o Curso Internacional em Doenças Tropicais, e um dos temas abordados será os "Animais Brasileiros de Interesse Médico", discussão liderada pelo Prof. Dr. Alexandre Naime Barbosa.

 

 

 

 

 

 

 

 

Evento: Brazilian Animals of Medical Interest (Palestra em Inglês) - International Course in Tropical Diseases

 

Dia e Horário: 11/Agosto/2015 - 10:00

 

Local: Departamento de Doenças Tropicais - Faculdade de Medicina de Botucatu - UNESP

 

Público Alvo (Ouvintes): estudantes e profissionais de saúde com interesse no tema

 

Importante: Não será fornecido certificado de participação.

Please reload

Posts Mais Lidos
Please reload

Arquivos
Please reload

Tags